Buscar

Podcast O Assunto, apresentado por Renata Lo Prete, celebra seu primeiro aniversário

Atualizado: 15 de out. de 2020

Ruth Scheffler


Se você é uma pessoa que não se contenta com apenas uma breve matéria e busca se aprofundar nas principais notícias que o circundam, com certeza o podcast O Assunto tem o seu perfil. Desde que foi lançado, em agosto do ano passado, ele obteve grande repercussão, acumulando muitas conquistas. Os números falam por si só! Logo em seu seu primeiro aniversário, o podcast já reúne 261 episódios, o que contabiliza mais de 105 horas de programa. Por ali passaram mais de 360 convidados, dentre os quais podem ser citados como participantes mais assíduos os jornalistas Guga Chacra, Maria Cristina Fernandes, Natuza Nery e Valdo Cruz, segundo a reportagem comemorativa do G1.


(Print da página do O Assunto no G1)


Apresentado por Renata Lo Prete, O Assunto aborda com detalhes as pautas mais relevantes do momento. Para cumprir essa missão, os episódios reúnem entrevistas com analistas, especialistas e jornalistas, além de apresentarem dados e histórias marcantes. Dessa forma, a cada madrugada de segunda a sexta, um episódio é publicado, levando até o ouvinte a contextualização e as explicações de uma determinada temática que esteja em alta no cenário brasileiro e internacional.

Renata já trabalhou em diversos campos do jornalismo, do impresso - no qual inclusive recebeu o Prêmio Esso pela Folha de S. Paulo - ao televisivo - onde atua nos dias dias de hoje no Jornal da Globo. A jornalista, que também já foi comentarista na rádio CBN, conversou em uma live recente sobre os desafios na produção de O Assunto. Ela citou que diferentemente da televisão, onde há a influência da linguagem corporal, por exemplo, o podcast não permite a utilização desse tipo de recurso. Sendo assim, torna-se necessário buscar histórias ricas em componentes auditivos, bem como dar a devida importância ao tom da voz em que a narrativa será contada. Outro ponto levantado pela apresentadora foi a alta demanda de assuntos a serem debatidos. Para ela, a falta de conteúdo está de longe de ser um obstáculo na produção dos episódios.


Dessa forma, podemos perceber que O Assunto funciona como um verdadeiro funil, pois mesmo em meio à conjuntura atual, onde há inúmeras histórias e informações desconectadas, ele nos direciona para uma perspectiva em que elas são filtradas e devidamente interligadas. Vale ressaltar também a variedade de temáticas pelas quais esse podcast passeia, o que nos desafia a explorar as diversas áreas do conhecimento. Por isso, ele pode ser considerado tão especial e recomendável, principalmente para aqueles que estão engajados no universo jornalístico.


O primeiro episódio, “Amazônia em chamas”, discute sobre as queimadas na maior floresta tropical do mundo. O primeiro convidado dessa conversa é o repórter Álvaro Pereira Júnior, que contou sobre sua matéria a respeito do Deter, sistema do INPE(Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) responsável por alertas diários de desmatamento.


Álvaro conta um pouco sobre a história desse sistema e relata que viu em sua visita à Floresta Nacional do Jamanxim uma fumaça enorme, originada de uma área a qual estava sendo desmatada exatamente no momento em que sobrevoava a região. Além disso, ele constatou que em Altamira, o maior município em extensão do Brasil, localizado no Estado do Pará, a dinâmica do Ibama era tão morosa que quase chegava a ser estática, demonstrando possíveis deficiências na fiscalização ambiental. Pereira Júnior também compartilhou com os ouvintes do podcast outros bastidores dessa reportagem, mas para que você seja surpreendido, não contarei aqui.

Dessa conversa também participou Ane Alencar, diretora de Ciência do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia. Em sua análise, dentre os principais motivos que chamam atenção com relação ao desmatamento na Amazônia, em 2019, destaca-se o alto número de focos de queimadas, mesmo não tendo sido um ano seco. Outras premissas também foram abordadas por Ane e expõem a gravidade das consequências de tal problemática em diversos âmbitos, sejam eles relacionados à economia, à saúde pública ou às alterações climáticas. Esses desdobramentos foram exemplificados pela entrevistada por meio de fatos, tais como a perda de pastos não preparados para serem queimados, o aumento de problemas respiratórios na população, e a emissão de gases que contribuem para o efeito estufa.


Pode-se perceber que toda a narrativa contada no episódio exposto foi construída na interseção entre a apuração jornalística de Álvaro e as explicações científicas de Ane. Porém, para sensibilizar ainda mais o ouvinte, são incluídos em forma de flashbacks curtos relatos de outros personagens, trechos de notícias relacionadas à temática em questão e backgrounds cuidadosamente selecionados. É nesse padrão de recursos didáticos e técnicos, responsáveis por nos atrair ao mundo da notícia, que o podcast permanece ao longo de seus outros aproximados 270 episódios. Cada um deles tem um toque especial, tenha ele um tom mais reflexivo, dramático, ou descontraído.


Link para escutar e acompanhar o podcast: https://g1.globo.com/podcast/o-assunto/

300 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo