Buscar
  • Pitacos

Heróis sem capa: os repórteres do mundo dos quadrinhos

Atualizado: 9 de out. de 2020

Maria Eduarda Lourenço


Se há uma profissão em que se pensa imediatamente quando o assunto é histórias em quadrinhos – além de claro, a de super-herói – é a do jornalista. Desde as comics mais clássicas, sempre tiveram aqueles que registram os grandes feitos dos heróis e muitas vezes servem de sidekicks sem precisar de força inumana ou fantasia: eles usam apenas câmeras, microfones e o poder das palavras. Confira a lista de 10 jornalistas das HQs que, apesar de não tão famosos quanto Peter Parker e Clark Kent, também merecem credibilidade por seus grandes feitos:

  • Eddie Brock (Marvel)

(Imagem: Reprodução)


Personagem feito para contracenar com o Homem-Aranha, Eddie trabalhou no mesmo jornal que o herói, o Clarim Diário. Ao noticiar erroneamente a identidade de um vilão e ser desmentido pelo próprio Cabeça de Teia, ele perde seu emprego como repórter e sua credibilidade, jurando vingança contra o herói. Mais tarde, Eddie, enquanto reza na igreja, é sentido pelo alienígena simbionte descartado pelo Homem-Aranha e eles se fundem, dando origem ao vilão e, ocasionalmente, anti-herói, Venom.


  • Ben Urich (Marvel)

(Imagem: Reprodução)


Um dos mais memoráveis jornalistas da Marvel, Urich pertence às histórias do Demolidor. Dedicado ao jornalismo investigativo, ele foi fundamental na exposição e prisão de vários gângsteres importantes de Hell’s Kitchen. Muito perspicaz, Ben foi capaz de descobrir a identidade do Homem sem medo, mas desistiu da revelação para que o vigilante pudesse continuar protegendo Nova York. Infelizmente para o lado do bem, ao se aprofundar muito nas investigações, o jornalista acaba traçando sua própria morte pelas mãos do maior vilão do Demolidor, o próprio Rei do Crime, Wilson Fisk.


  • Iris West-Allen (DC)

(Imagem: Reprodução)


Moradora da cidade de Central City, Iris faz parte das histórias do herói Flash. Além de futura esposa, a moça também era a fonte de apoio moral do Velocista Escarlate e trabalhava como repórter do jornal Picture News. Depois de altos e baixos no relacionamento dos dois, o suposto óbito da jornalista, a morte de Barry Allen no arco Crise nas Infinitas Terras e o nascimento de gêmeos do casal, Iris continua sua jornada, agora como mentora e apoio de seu sobrinho Wally West, que assume o manto vermelho e se torna o novo Flash.


  • Betty Brant (Marvel)

(Imagem: Reprodução)


Inicialmente trabalhando como a secretária pessoal do tirânico dono do Clarim Diário, J. Jonah Jameson, Betty aparece como um dos primeiros interesses amorosos do herói aracnídeo Peter Parker. Depois de um relacionamento frustrado com Peter, da morte do irmão e do marido, o também repórter Ned Leeds, a moça se torna uma jornalista investigativa do Clarim Diário e, mais tarde, dona de um bem-sucedido blog de jornalismo.


  • Jimmy Olsen (DC)

(Imagem: Reprodução)


Jimmy é um jovem repórter fotográfico do Planeta Diário, mesmo jornal no qual trabalha o casal Lois Lane e Clark Kent. O jornalista, inclusive, foi o primeiro personagem secundário das histórias do Superman a ter sua própria revista, intitulada Superman’s pal, Jimmy Olsen. Ele também é mostrado como um grande amigo do Homem de Aço, tendo inclusive um relógio de pulso que emite um chamado ultrassônico que o herói consegue ouvir em qualquer lugar do planeta. Assim como muitos outros personagens, Jimmy ganhou várias versões, tanto nos quadrinhos, quanto em outras mídias.


  • April O’Neil (As Tartarugas Ninjas)

(Imagem: Reprodução)


Inicialmente foi retratada como uma programadora assistente do personagem Baxter Stockman, um cientista, e mais tarde aparece como uma repórter. Primeira aliada humana das tartarugas, a jovem é mostrada também como habilidosa em artes marciais, tecnologia e com sentidos afiados. April muitas vezes é retratada como sendo especialmente próxima de Donatello, que nutre uma queda pela garota em algumas versões.


  • Tintim (As aventuras de Tintim)

(Imagem: Reprodução)


A série de quadrinhos do autor belga Hergé conta a história do jovem repórter Tintim, que viaja ao redor do globo no século XX junto de seu companheiro canino Milu. O rapaz passa seu tempo encontrando e resolvendo mistérios, muitas vezes se metendo em situações complicadas. Apesar de trabalhar para o jornal Le Petit Vingtième, Tintim não se mostra preocupado com os prazos para o envio de material para a redação. As histórias de Tintim foram o trabalho mais reconhecido de Hergé, que escreveu 24 livros da personagem no total e chegou a ser considerado eurocêntrico e preconceituoso por algumas falas de seus personagens.


  • Peninha (Disney)

(Imagem: Reprodução)


Apesar de ter várias profissões nas HQs, o pato Peninha é mostrado principalmente como um repórter do jornal A Patada, propriedade do rico Tio Patinhas. Junto a ele trabalha seu primo, Donald, e ambos passam mais tempo evitando o trabalho do que cumprindo com suas obrigações. Nas vezes em que saem atrás de pautas para cobrir, costumam se envolver em encrencas. O principal rival do A Patada é o jornal concorrente A Patranha, comandado pelo arqui-inimigo de Tio Patinhas, o pato Patacôncio. Com o sucesso do personagem, foram lançados spin-offs apresentando diversas versões dele.


  • Nancy Wheeler (Stranger Things)

(Imagem: Reprodução)


Ainda que tenha sido idealizada inicialmente em formato de série de TV, Stranger Things também foi levada aos quadrinhos estrelando os mesmos personagens da série original. Nancy é irmã do protagonista masculino principal, Mike. Ao lado de seu namorado, Jonathan Byers, a jovem começa a trabalhar no jornal Hawkins Post. Ainda que se esforce e tenha uma personalidade gentil, Nancy é tratada com misoginia pelos outros jornalistas, o que a leva a tentar provar a todo custo seu valor como profissional.


  • Spider Jerusalem (Transmetropolitan)

(Imagem: Reprodução)


Spider é o protagonista da série em quadrinhos Transmetropolitan, do autor britânico Warren Ellis. Em um futuro cyberpunk no século XXIII, Spider Jerusalem é um sarcástico e drogado escritor aposentado, que se junta ao seu antigo editor para trabalhar agora como um jornalista. Vivendo uma realidade tecnológica afundada em drogas, violência e sexo, o personagem se dedica a derrubar o sistema político corrupto da sociedade enquanto também luta contra sua saúde debilitada.


Estes são alguns dos jornalistas do mundo dos quadrinhos que, ainda que nem sempre combatam o mal de forma direta, provam que poder, justiça e comunicação caminham sempre juntos, seja no universo das comics ou no mundo real. Então, se inspire na lista e mergulhe na leitura heroica dos jornalistas de HQs!


233 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo