Buscar

Os bastidores do Jornalismo e do Hard News: uma conversa com Rael Policarpo

Atualizado: 10 de mar.

Por Deryck Alves


O jornalista Rael Policarpo, da Record TV, foi o entrevistado desta terça-feira (25/01) do ECOnversa, projeto dos alunos da disciplina de Laboratório I da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A entrevista foi conduzida por Erika Nascimento e Leticia Santoro, alunas do 1.º período de Jornalismo da ECO-UFRJ. Rael falou de suas experiências e deu dicas sobre os bastidores do Jornalismo e do Hard News.


Formado em Jornalismo pela Universidade Católica de Santos, Rael tem pós-graduação em Jornalismo Especializado: Cultura, Política e Economia pelo Centro Universitário FMU. Também é bacharel em Direito pela Estácio. No início da faculdade, Rael estagiou na Band, depois no SBT, RedeTV e está há dez anos na Record.


Questionado sobre sua escolha pelo jornalismo, Rael disse que desde criança soube o que queria fazer: aos 5 anos já pegava o controle remoto da televisão e saía entrevistando os pais. Uma das inspirações foi o Super-Homem, herói dos quadrinhos, que quando não está salvando vidas trabalha como repórter no Planeta Diário. “Eu não posso ter superpoderes, mas posso ser repórter”, lembrou Rael. No ensino médio, Rael fez projetos escolares envolvendo o jornalismo e mesmo antes de terminar a escola já tinha decidido o que queria fazer.


(foto: design Econversa)


Logo no primeiro período da faculdade, Rael conseguiu um estágio na Bandeirantes. Lembrou que cometeu muitos erros, mas que eles o ajudaram a se tornar um profissional melhor.


Ao se mudar para o Rio de Janeiro em 2013, Rael percebeu como a sociedade se movimenta em torno da violência e como ela pauta o cotidiano das pessoas. Algum tempo depois, por uma bolsa concedida pela faculdade, ele começou a cursar direito. O novo curso se tornou uma paixão; serviu para aumentar seus conhecimentos na área e fez com que ele levasse para o jornalismo conhecimentos da área jurídica. Ele também apoia o ensino do direito básico nas escolas, para que o cidadão cresça com um conhecimento mínimo de como a justiça funciona.


Na avaliação de Rael, a maior dificuldade de trabalhar com o Hard News é concorrer com as informações que saem na internet, pela quantidade de matérias distribuídas on-line. Disse que o telejornalismo é atrelado a uma grade de programação e nem sempre é possível transmitir as notícias no momento em que elas acontecem.


O jornalista também contou sobre um caso em que teve de proteger uma mulher acusada de tortura de ser linchada por uma multidão durante uma cobertura ao vivo.

Rael também falou sobre as notícias que mexem com sentimentos pessoais e compartilhou experiências na profissão. Para assistir à entrevista na íntegra, acesse o Instagram do ECOnversa: https://www.instagram.com/p/CZK7y4kITcW/






22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo