Buscar
  • Pitacos

O podcast sobre futebol que pouco fala sobre futebol

Atualizado: 18 de set. de 2021

Matheus Miró


Confuso? Pois é. Como pode um podcast sobre futebol não falar sequer sobre tática, técnica, jogadores, treinadores? Desta forma um tanto quanto… diferente, o grupo multiplataforma especializado em podcasts, Xadrez Verbal, criou o Fronteiras Invisíveis do Futebol, com temáticas históricas e geopolíticas das mais variadas, mas que pouco têm a ver com o esporte.


(Imagem: Divulgação/Xadrez Verbal)


Apresentado pelos historiadores Filipe Figueiredo e Matias Pinto, o podcast tem como temática os fatores históricos e geopolíticos de um determinado acontecimento ou de uma região, seja ela país, estado, continente ou até cidade, com o futebol sendo um mero fio condutor para as pautas. Diante da infinidade de possibilidades, os episódios sequer têm tempo médio definido: podem durar tanto 35 minutos como 86.


Porém, como na maioria dos podcasts existentes, as pautas e bases inicialmente definidas não passam de teoria, pois a facilidade e abrangência do formato permitem expandir a ideia para além do imaginado. Como bem definido por Filipe Figueiredo em entrevista, “o podcast hoje é como o Cinema Novo: você só precisa de uma ideia na cabeça e um microfone na mão”. No Fronteiras Invisíveis do Futebol, as temáticas por vezes fogem da ideia de separação por regiões ou acontecimentos, e falam sobre temas mais abrangentes, como no episódio “Mulheres”.


A receptividade do público com o podcast foi extremamente positiva, pois atraiu a atenção de dois “mundos” diferentes: dos curiosos historiadores e dos fanáticos pelo futebol. Com essa ousada combinação, o sucesso foi imediato, e o programa, lançado em outubro de 2015, hoje soma mais de noventa episódios, com audiência mensal de 40 a 45 mil downloads.


O Fronteiras Invisíveis do Futebol mudou a forma como se imaginava um programa relacionado a futebol e mostrou que há muito mais a se analisar além das quatro linhas. Isso porque o podcast entende o esporte como um fenômeno social, diretamente ligado às questões da sociedade, e que ambos “caminham” juntos. Afinal, quem disse que o futebol é só tática, técnica, jogadores e treinadores?


Se interessou? Ouça o Fronteiras Invisíveis do Futebol mensalmente clicando aqui.

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo