Buscar

Os mistérios do Jornalismo Diário

Eliabe Figueiredo


(Capa do Livro/Imagem:Reprodução)


“Dinâmico e interativo, Jornalismo Diário – Reflexões, Recomendações, Dicas e Exercícios busca responder às dúvidas mais comuns de jornalistas iniciantes ou que já estão trabalhando em Redações.” O livro foi escrito por Ana Estela de Sousa Pinto e publicado pela PubliFolha, em 2009.


O ano era 1988. Ana era recém-formada em agronomia, com apenas 21 anos e nenhuma experiência quando participou da primeira turma do Programa de Treinamento da Folha, do qual dez anos mais tarde viria a ser coordenadora. Lá, aprendeu noções básicas, o restante veio com o cotidiano na Redação e com os tantos erros que cometera. Hoje, a autora é correspondente na Europa e reside em Bruxelas.


Logo no início, ela deixa claro que o livro não tem a intenção de ser um manual completo da profissão, mas “sim um dos passos da escada do aprendizado”, a qual conta com quatro degraus: o primeiro é ler e ouvir; logo depois vêm os degraus de exercitar-se e ter seu exercício avaliado e comentado; e por último, tentar refazer à luz das críticas. A escritora dá o exemplo de um pessoa que assiste a uma aula de técnicas de entrevista, esse alguém aprende sobre a rotina de entrevistadores e vê exemplos e modelos que pode seguir. Isso ajuda em seu repertório e pensamento crítico, mas não é suficiente. Deve-se pôr em prática os conhecimentos aprendidos na aula. Aparecerão muitas dificuldades, mas é em meio a elas que novas estratégias são descobertas.


Despojada e pragmática, a publicação traz os fundamentos do jornalismo e mostra as ferramentas cruciais de trabalho. Fala sobre pautas, apuração, fontes, entrevistas, lide e estilos jornalísticos. Também apresenta dicas e lições da área, como por exemplo, reconhecer o perfil de um bom jornalista até os primeiros dias na reportagem. E mais, ensina como ingressar no mercado de trabalho.: O principal instrumento de trabalho de um jornalista é seu cérebro, diz a autora.


A jornalista compartilha com o leitor a experiência de seus longos anos à frente do programa, conta casos reais, histórias e exemplos de grandes jornalistas como Elio Gaspari, Clóvis Rossi, Sérgio Dávila e Celso Pinto. Além de, incluir inúmeros exercícios para aprimorar e aumentar o conhecimento no campo. De uma maneira moderna, o livro conta com a extensão online do Programa de Treinamento e tem a viabilidade de interagir com o blog Novo em Folha, possibilitando o envio de trabalhos para avaliação e a resolução de dúvidas.


Mesmo sendo tão explicado e abrangente, o objetivo não é zerar todos os setores e técnicas do jornalismo, até porque a profissão está em constante mudança e inovação. "Uma parcela significativa de meu trabalho neste livro é a de agrupar, organizar e detalhar um conhecimento coletivo, e não de autoria individual." relata Sousa.


Agora, depois de toda essa demonstração do belíssimo trabalho de Ana Estela no livro Jornalismo Diário, você, estudante ou entusiasta de plantão, precisa conhecer essa obra, e sem dúvida marcar como um dos favoritos na sua coleção. Se você não sabe, vai aprender. Se você souber, vai se aperfeiçoar ainda mais. No fim, não tem a opção de sair perdendo.


Blog Novo em Folha: https://novoemfolha.blogfolha.uol.com.br

23 visualizações0 comentário