top of page
Buscar
  • Foto do escritorPitacos

O Cinema e a desigualdade de gênero no telejornalismo em "O Âncora: A lenda de Ron Burgundy"

Dirigido por Adam McKay, a comédia estadunidense de 2004 retrata uma estação de TV de San Diego, no ano de 1970, onde Ron Burgundy (Will Ferrell) é o apresentador de televisão mais amado e conhecido da região.


Reprodução: Amazon Prime Video


O filme O Âncora: A Lenda de Ron Burgundy, apesar de ser do gênero comédia, aborda situações reais do telejornalismo, como por exemplo a desigualdade de gênero nos empregos e até mesmo os assédios que as mulheres sofrem. Em uma das cenas do filme, a personagem Verônica é surpreendida por Champ Kind (David Koechner) um dos melhores amigos do protagonista Ron, que finge pegar algo em sua mesa e toca nos seios da jornalista sem sua permissão. Champ também faz um convite inusitado para Verônica que acaba não gostando nem um pouco da audácia do seu colega de trabalho.


Tudo começa quando o jornal do Canal 4 tem uma queda na audiência e a jovem jornalista Verônica Corningstone (Christina Applegate) é contratada para fazer parte da equipe. Ela e Ron se apaixonam rapidamente, fazendo com que Verônica queira que esse relacionamento seja mantido em segredo, para continuar sendo vista como uma profissional, e não apenas como a amada do famoso jornalista.


Após Ron convidar a jornalista para conhecer a cidade de San Diego, ele confessa que seu maior sonho é se tornar âncora em rede nacional. Porém, Ron mal esperava que Verônica partilhava do mesmo objetivo que o seu.


A jornalista vê a oportunidade perfeita de mostrar o seu talento como âncora local, quando Ron acaba se envolvendo em um pequeno acidente e não consegue comparecer a tempo para apresentar o jornal.


Ao chegar desesperado na redação querendo apresentar as notícias do dia, Burgundy é recebido com a notícia de que sua amada finalmente conseguiu uma chance de mostrar o seu talento. Inconformado, termina com a jornalista na frente de todos os colegas de trabalho.


É a partir daí que tudo começa a desandar para ele. Verônica se torna a âncora e começa a dividir a bancada com Burgundy, e assim se inicia uma guerra entre os dois. Ron faz de tudo para que a jornalista desista do cargo, mas suas artimanhas sempre são descobertas por Verônica.


Reprodução: UOL


O filme aborda as inúmeras dificuldades enfrentadas pelas mulheres dentro do jornalismo, representadas aqui por Verônica Corningstone. Apesar de ter sido lançado há tantos anos, isso ainda é um cenário atual.


No país em que as mulheres representam 58% da categoria, somente 13% dos cargos de chefia nas redações são ocupados por jornalistas do sexo feminino. É o que conclui os dados do estudo “Mulheres e liderança na mídia: evidências de 12 mercados”, elaborado pelo Instituto Reuters.


Para aqueles que gostam de filmes mais sérios e profundos, O Âncora não é o ideal. Apesar do longa passar grande parte dentro de uma redação, ele não aborda os bastidores da rotina jornalística ou teoriza a informação. Mas agora, se você estiver disposto a dar boas gargalhadas e se divertir com os personagens, O Âncora é o seu filme.

123 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page