Buscar

CBLOL e o fenômeno Riot

Luã Souza



(Foto: Logo CBLOL )


Nascido em 2012, o Circuito Brasileiro de League Of Legends (CBLOL) é uma das maiores competições de eSports no Brasil. Os eSports já são um fenômeno ao redor do mundo e, no Brasil, mobilizam paixões semelhantes às do futebol. A diferença é que, ao invés de usarem uma chuteira, meião e uniforme, os atletas de eSports usam teclados, mouses ou controles de videogame. Isso depende da modalidade, que são os próprios jogos de computador ou de consoles.


O CBLOL chega aos dez anos com diversas reformulações. Uma empresa que vem se destacando no setor é a Riot Games Brasil –divisão brasileira da Riot Games. Seu novo estúdio é capaz de receber até 270 pessoas presencialmente e tem também um palco no qual os jogadores disputarão as partidas ao longo do campeonato. Pela primeira vez as torcidas poderão acompanhar seus times de perto ao longo de todas as etapas do campeonato.



(Foto: Palco CBLOL 2022 )


Ainda sem torcida por conta da alta de casos de Covid no início do torneio



(Foto: Logos League of Legends Wild Rift)

(Foto: Valorant)


Novos campeonatos profissionais estão programados para este ano. Além do tradicional CBLOL, este ano há mais duas competições: o Valorant Champions Tour BR e o Wild Tour BR. Ambos começaram, respectivamente, em 02 de fevereiro e em 18 de fevereiro. Os dias de jogos podem ser acompanhados por meio das plataformas Youtube e Twitch , com datas divulgadas nos perfis das competições nas redes sociais.


Também estão previstas competições para o cenário feminino no Valorant. O Campeonato VCT Game Changers é o circuito feminino do Valorant e surge com uma proposta de diversificar o cenário de esporte eletrônico, historicamente dominado por homens. Os jogos também serão transmitidos nos canais da Riot Games nas plataformas de livestream.


( Foto: Logotipo do Circuito de Valorant )





19 visualizações0 comentário